Banner 1

Foi lançada em Maputo, na última quinta feira, dia 27 de Agosto, a obra intitulada “A Educação Politécnica e a Escola do Trabalho em Moçambique: novas e velhas falacias pedagógicas?”, editada pelo Centro de Estudos Interdisciplinares de Comunicação (CEC).


O autor moçambicano António Cipriano Parafino Gonçalves aponta a sua preocupação pela justiça educacional como sendo uma das principais motivações para a escolha do tema da sua segunda obra.
Nessa obra, o escritor discute, entre outros aspectos, a problemática da educação do ensino politécnico como elemento central de transformação social, analisando, deste modo, o significado da politecnia, sob ponto de vista marxista, que é a combinação entre a teoria e a prática, ou seja, entre a escola e o trabalho.
Em sete capítulos, o autor faz também uma reflexão sobre como a educação foi sendo pensada ao longo dos tempos ao mesmo tempo que analisa as primeiras formulações sobre o ensino politécnico em Moçambique, desde os seus primórdios na década 80.

FaLang translation system by Faboba